segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Atração de última hora promete festa no festival

A Asteróides Trio é a mais nova atração do Psycho Fest, sendo anunciada pela organização na tarde de hoje e tocará no domingo, dia 7 de setembro.
A banda de São Paulo escolheu seguir uma linha do psychobilly deixada um pouco de lado no cenário atual: ter influencia garage e cantar em português. O trio foi formado em 2006 em Arujá (a aproximadamente 50 quilômetros de São Paulo) e é uma das bandas mais ativas da atual cena paulistana de psychobilly. As músicas trazem letras com personagens de filmes de terror e histórias em quadrinhos recheadas de fantasmas, assassinos, ETs e monstros afins.

A banda prepara o lançamento do primeiro disco e promete uma festa no Psycho Fest em Curitiba. Além das músicas próprias, eles ainda tem um projeto de tributo ao Cramps que duplica a festa no show.
A banda acabou de publicar no YouTube o vídeo para a música “Nancy, Vamos Para Casa”, dirigido por Cleiner Micceno (aka Reverend Stalker) que traz a pin up Lane ABC como uma assassina que seduz um dos caras da banda num boteco e acaba fazendo picadinho dele... Veja o video.
Formação: Leandro Franco (vocal e bateria), The Formiga (guitarra) e Weasel (baixo/backing vocal).

ENTREVISTA
ZOMBILLY - Será a primeira vez q vocês tocarão em Curitiba... O que estão esperando do show no festival?
LEANDRO - Bom, primeiramente agradecer ao Bufunfa e ao Vlad pela oportunidade. Para nós é um privilégio e uma grande responsabilidade tocar ao lado de bandas conhecidas na cena. Esperamos fazer um show divertido e sincero. É uma oportunidade de mostrar o nosso som para quem não nos conhece.

Como será o set list para o festival em Curitiba?
Além do sons próprios, incluindo novas músicas, vamos tocar algumas versões de nomes como Hasil Hadkins, Cramps, Johnny Cash, Buddy Holly, entre outros.

Como estão os preparativos para lançar o primeiro disco?
Agora em junho gravamos nossa primeira demo oficial com sete músicas [que estará à venda no festival]. Estamos trabalhando para divulgá-la. O PsychoFest também será importante nesse sentido.

Como é o conceito da banda, influências, por que vocês escolheram cantar em português?
Tocamos juntos desde a adolescência. Na década de 90, começamos como uma banda de punk rock chamada The Grumpys. Tocamos diversas vezes, na época, com o pessoal do Mongolords e também com o Joe Coyote. Com o passar dos anos começamos a ouvir muito sons dos anos 50 e começamos a incorporar isso em nosso som. Depois descobrimos o psychobilly e nos identificamos bastante também. Nossas maiores influências: Garagem rock, rockabilly, punk 77 e psychobilly. Curtimos bastante bandas que cantam em português. Algumas que nos motivaram: do psychobilly, o Kães Vadius; do rockabilly, o Coke Luxe...

Como foi gravar o clipe com o Cleiner Micceno?
Foi pura diversão. A amizade do Cleinner conosco vem de longa data. Tem muita história pra contar sobre esta gravação. O resultado superou nossas expectativas. O Cleinner mandou muito bem na iluminação, edição e no roteiro. Em outras palavras, ficou profissional.

Como é o espaço pra vocês em SP?
A correria é grande, as dificuldades são muitas. Mas aos poucos estamos conquistando nosso espaço. Perseverança é a palavra!

Ouça Asteróides Trio no MySpace.
Foto: divulgação

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.