terça-feira, 9 de março de 2010

Mundo cão - Na cena do flagrante

Na última sexta-feira aconteceu algo comigo que é uma das melhores coisas para um jornalista: estar no local de um flagrante policial.
Claro, não sendo eu o motivo da investigação...

Estava indo de ônibus de Cianorte para Londrina para acompanhar o começo da Garagebilly Outlaw Tour.
Por volta das 17h30, no trevo de Doutor Camargo, na rodovia PR 323, havia uma blitz da Polícia Militar e da Divisão de Narcóticos (Dinarc).
Pararam o ônibus e revistaram pessoas e as malas no bagageiro.
Me identifiquei para um policial e ele confirmou que receberam uma denúncia de que havia alguém levando drogas.


E havia mesmo. Prenderam um cara com quase 1 quilo de crack.
Mas, até acharem a droga, levou quase uma hora.
E eu já sai fotografando a ação.
O cara colocou o tablete de crack dentro de um saco plástico com pacote de salgado, tipo Chips, aberto para disfarçar.
Depois de muitas revistas, os policiais entraram no ônibus com o cachorro farejador e acharam a droga.
O cara saiu algemado do ônibus.

A operação contou com seis viaturas e aproximadamente 15 policiais.

Fotos: Andye Iore

3 comentários:

a sêde do peixe disse...

um quilo de crack alimenta uns dois zumbis

Murilo Rigo disse...

Nada como estar no lugar certo e na hora certa. Furo!

Alta Fidelidade disse...

Porra que sorte!